ODISSEIA

2020

Capa-01-site.jpg
spcode-0kkqYZMJa8k6wVpafhBjSo.jpeg

Odisseia. 

 

Substantivo feminino. Poema grego escrito por Homero no século VIII a.c; longa perambulação ou viagem; narração de uma viagem com acontecimentos inesperados. 

Em 12 de abril de 1961, o russo Yuri Gagarin se tornou o primeiro homem a ir para o espaço. Dez anos depois, durante os anos de 1970, algumas transmissões das primeiras tevês coloridas foram fotografadas pelo belga Harry Gruyaert. Em suas tantas histórias documentadas, uma delas mostrava o lançamento da Apollo XIV, a terceira missão que levou astronautas à Lua. Eram tempos de guerra fria e da primeira corrida espacial travada entre soviéticos e americanos. 

 

Quase cinquenta anos mais tarde, as telas de LCD, conectadas à internet, substituíram os tubos das TVs e se transformaram em janelas de histórias virtuais. Dentre tantas lives e produções, inúmeros lançamentos de missões espaciais são transmitidos em tempo real e coloca em evidência a nova corrida espacial entre Rússia, Estados Unidos, China, Índia e Emirados Árabes Unidos.

 

Primeiro foi o espaço, depois foi a Lua. Agora, o homem quer a conquista de Marte. 

Este é um conto inspirado nos trabalhos de Homero, Kubrick, Bowie e Gruyaert. Fotografias em memória de meu pai, que assistiu pela última vez o lançamento da missão Space X - Falcon 9, no dia 30 de maio de 2020, dois meses antes de realizar a sua própria Odisseia.

www.lucas-dambrosio.com - Todos os direitos reservados - 2020